Azedíssimo

maio 28, 2008

É, é, hoje, apesar de algumas boas notícias, acho que elas não são suficientes pra adocicar o dia azedo que foi hoje não x_x

Na moral, depois de tanto esforço que eu já fiz pra mostrar que me arrependi de ter ido pra manhã e abandonado meus amigos de infância (não que eu não tenha gostado de fazer amigos de manhã, mas acho que foi um erro meu ter deixado os outros sem conhecer quase ninguém de manhã), vejo que esse esforço não valeu muito. Um dia desses alguém me perguntou “Já tá tão íntimo do povo da tarde é?” e eu respondi “Claro, eu não deixei de ser amigo deles!”.

Sinceramente… Não sei se eu devia ter dito isso, porque hoje mostrou que eu não tô tãããão íntimo assim. Sério, eu descobri que agora na sala são formados os “grupos” de amigos, nos quais se leva tempo para ser incluído!

Depois de ser enxotado por Marcelo a sair de um lugar para que o Jack ficasse do lado dele e não eu (detalhe que eu nem tinha visto que estava do lado de Marcelo, eu sentei no meu lugar de sempre), ainda descobri que Maria falou com Lira sobre como eu tava me sentindo um pouco afastado dos outros e que ele respondeu: “Bernardo quer ser tratado como se fosse do grupo, mas ainda vai levar tempo pra ele entrar“. O grupo que ele fala se trata dele, Matheus, Marcelo e Jack. Juro, eu só queria ser tratado como sempre fui, um amigo, um bom amigo, que era chamado pros lugares, não precisava pedir carona porque me ofereciam… Só que, depois que voltei da manhã, pelo visto, isso desapareceu. Eu fui literalmente deixado de lado, levando, agora, tempo pra me reincluir no “grupo”.

Não vou mentir não, eu quase choro ao ouvir isso. Meu coração desabou. Depois que eu voltei da manhã, passei um ano sem ser chamado pra dormir na casa de ninguém, o que não acontecia quando era da tarde. Pra você ter idéia, a última vez agora que eu dormi na casa de alguém, eu me convidei! Me arrependo agora, até porque fui chamado de “arregado” por Alberto. Arregado = alguém que fica se convidando pros lugares. Bom, se é assim que eles me vêem, vão ver agora outro Bernardo. Garanto que não vou sair me convidando, me inxirindo nos assuntos, eu só fazia isso porque achava que éramos todos amigos de igual nível, mas pelo visto não, eu tô fora do grupo.

Eu só queria poder ter amigos, e não mais amigas, que tenho muitas, pra poder falar dos meus segredos, falar do que eu sinto, falar minhas alegrias, poder contar pra qualquer coisa, qualquer evento… Ao ver, vai levar tempo pra isso, certo?

E você
Você sempre tem a razão
E eu sempre errado;
De novo e de novo esse mesmo sentimento
Não sei por que continuo me preocupando
Em mostrar quem sou eu.

2 Respostas to “Azedíssimo”

  1. gabs said

    não sei o que falar,mesmo.mas mas,eu te amo e to aqui s-e-m-p-r-e que precisar,tá? *-*
    e eu torço,mesmo,para que tudo dê certo contigo,e eu sei o quanto isso de ser ‘ excluido ‘ do grupo é chato(mas isso depois a gente fala)…ér,tchau :*

  2. mila said

    meu fofinho, depois de muita coragem eu li tudo e eu sempre falei que você se importa muito com os detalhes, com atos insanos que às vezes nem são por querer..eles gostam muito de você 😀 mas dê valor a eles, mesmo que ache que o valor que eles dão à você não é suficiente. e RELAXE O BIGODE porque eu te amo DEMAIS e odeio te ver assim tá? ;@

    ps: tá parecendo história de big brother HEHEHEHEHE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: